Junho Vermelho


Quando o assunto é sangue eu tenho muito o que falar, pois só quem tem alguma alteração no sistema circulatório sabe como é viver se preocupando como alimentação, com impactos que possam gerar alguma lesão e claro com a somatização que causada pelo estresse me deixa de cama, mesmo sem querer.


Mas vamos falar sobre necessidade real que enfrentamos nos bancos de sangue do Brasil todo, sim, do Brasil todo, pois as pessoas só se atentam quando alguém conhecido ou parente precisa de sangue. Ai começa aquela correria atrás de alguém compatível para doar sangue.


O Ministério da Saúde sempre faz o alerta sobre a queda de doação de sangue e como esse processo deve ser algo regular onde os já doadores possam estimular novos voluntários.


No mês de junho foi criado em São Paulo em 15 de março de 2017 a lei nº16.386 que se tornou o Dia Mundial do Doador de Sangue e agora esse dia passou a ser o dia nacional também.


Algumas pessoas ainda têm várias dúvidas sobre doação de sangue, por isso busquei algumas informações para tentar sanar essas questões, veja:


Doar sangue é seguro?

Doar sangue não oferece riscos ao doador porque nenhum material usado na coleta do sangue é reutilizado, eliminando assim qualquer possibilidade de contaminação de forma que a segurança na coleta de sangue é absoluta.


Quanto tempo demora para doar sangue?

O ato de doar sangue leva em torno de dez minutos e acontece após consulta prévia com profissional de saúde que vai dizer se você está apto ou não a doar. No Hemocentro de Brasília, por exemplo, todo o processo dura em média 75 minutos.


Quem doa sangue uma vez é obrigado a doar sempre?

Não, doar sangue não cria dependência no organismo da pessoa. É um ato voluntário e que só depende da pessoa voltar ao Hemocentro, dentro do prazo mínimo de espera previsto, para fazer isso mais uma doação.


Doar sangue engrossa ou afina o sangue? Ao doar, o seu sangue não sofre qualquer alteração.


Que quantidade de sangue é doado? Uma pessoa adulta tem em média 5 litros de sangue. Em cada doação o máximo de sangue retirado é de 450 ml.


Quantas vezes por ano uma pessoa pode doar sangue? O homem pode doar de 2 em 2 meses, no máximo 4 vezes ao ano. Já a mulher somente de 3 em 3 meses, com no máximo 3 doações anuais.


Qual é o tipo de sangue mais importante? Todos. Não há tipo de sangue mais importante do que outros. Todos são importantes para salvar vidas.


O que é um doador voluntário?

É aquele que doa espontânea, altruísta e voluntariamente. A doação do voluntário é anônima, não vinculada a quem virá a precisar receber sangue por qualquer razão.


Orientações para doadores de sangue


O doador deve...

• Levar o documento oficial de identidade com foto (identidade, carteira de trabalho, certificado de reservista, carteira do conselho profissional ou carteira nacional de habilitação); • estar bem de saúde; • ter entre 16 (dos 16 até 18 anos incompletos, apenas com consentimento formal dos responsáveis) e 69 anos, 11 meses e 29 dias; • pesar mais de 50 Kg; • não estar em jejum; evitar apenas alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação.


Impedimentos temporários

• Febre • Gripe ou resfriado • Gravidez • Pós-parto: parto normal, 90 dias; cesariana, 180 dias • Uso de alguns medicamentos • Pessoas que adotaram comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis


Cirurgias e prazos de impedimentos

• Extração dentária: 72 horas • Apendicite, hérnia, amigdalectomia, varizes: três meses • Colecistectomia, histerectomia, nefrectomia, redução de fraturas, politraumatismos sem seqüelas graves, tireoidectomia, colectomia: 6 meses • Ingestão de bebida alcoólica nas últimas 12 horas • Transfusão de sangue: 1 ano • Tatuagem: 1 ano • Vacinação: o tempo de impedimento varia de acordo com o tipo de vacina

Impedimentos definitivos

• Hepatite após os 11 anos de idade • Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças transmissíveis pelo sangue: hepatites B e C, Aids (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas • Uso de drogas ilícitas injetáveis • Malária Intervalos para doação

• Homens: 60 dias (até 4 doações por ano) • Mulheres: 90 dias (até 3 doações por ano)


Cuidados pós-doação

• Evitar esforços físicos exagerados por pelo menos 12 horas • Aumentar a ingestão de líquidos • Não fumar por cerca de 2 horas • Evitar bebidas alcoólicas por 12 horas • Manter o curativo no local da punção por pelo menos quatro horas • Não dirigir veículos de grande porte, trabalhar em andaimes, praticar paraquedismo ou mergulho • Faça um pequeno lanche e hidrate-se. É importante que o doador continue se sentindo bem durante o dia em que efetuou a doação.


Fonte: http://www.blog.saude.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=52695&catid=566&Itemid=50155










Textos em destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts recentes