Já é Carnaval cidade... três dicas para planejar o seu carnaval.


O carnaval é, sem sombra de dúvidas, a festa mais democrática do Brasil. Toda e qualquer pessoa pode aproveitar de várias formas, com ou sem dinheiro, sozinho ou de galera. E uma coisa é fato: o ano só começa depois do carnaval. Ih, mas você não gosta de carnaval? Sinto lhe dizer mas 2018 não será diferente. Como não tem jeito de fugir da festa, a dica é planejar como será os dias de festividades, você indo ou não para a rua.

Falando especificamente de Salvador, a mobilidade da cidade fica reduzida já que boa parte das ruas fica voltada para o circuito. Isso significa que os cuidados que tomamos diariamente em nossa mobilidade devem ser redobrados nessa época.

Pensando nisso, separei algumas dicas que já utilizei para passar um Carnaval sem sustos. Não importa se você vai para avenida ou casa de amigo. Se vai transitar, anota aí as três sugestões:

  • Roupas Leves

Você já viu alguém dançar de terno? A não ser que essa seja uma fantasia. Dê preferência a roupas leves, aquelas que você possa deixar o seu corpo se movimentar com facilidade. Não esqueça, estamos no verão e “pular” de calça jeans não deve ser confortável. Quer saber o que pode ser usado? Troque a roupa de baixo por roupa de banho: biquíni, sunga... assim está permitido tomar um banho de mar, piscina, chuveiro. No carnaval pode.

  • Coma Bem, Coisa Leves

Pegue leve na sustância. Deixe aquela rabada e feijoada para depois. A pedida para curtir o Carnaval é optar por comidas leves e que hidratam o corpo. Lembre que tudo que entra sai e no Carnaval talvez não seja o melhor momento para você ir ao banheiro, principalmente se você estiver na rua. Com o buchinho cheio de forma consciente você terá tranquilidade para aproveitar a festa.

  • Como Você Vai E Volta?

Essa é uma questão muito importante: como transitar nesse contexto? Independente se você vai para rua, praia, festa de clube, o importante é saber como você vai e volta. Uma dica que pode servir para quem vai encontrar com as pessoas na rua é estabelecer um ponto de encontro. Já li seus pensamentos, você vai me perguntar: “Ah...na praça Castro Alves fica fácil encontrar alguém, né Bela?”. Por isso, eu digo, seja especifico! Pode marcar na Praça Castro Alves, para quem vem para Salvador, mas marque na lateral do Teatro Castro Alves, por exemplo, pense que tem que ser um lugar bem visível e de fácil acesso. Se alguém se perder (isso pode acontecer) terá esse local como ponto de partida e chegada com segurança e de lá você verifica com será o seu retorno para casa: ônibus, táxi, carro próprio. Vá e volte seguro e se for beber, já sabe. NÃO DIRIJA!

Sugestão de música:

We are Carnaval:

Dica de filme:

Ó Paí, Ó


Textos em destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts recentes